Padre Lothar Bauchrowitz – 86 anos

Pe. Lothar Bauchrowitz, nascido no dia 01/07/1938 em Königsberg na Prússia da Alemanha, é o 2º filho do Juiz Dr. Hugo Bauchrowitz e de Hildegard Bauchrowitz. Foi ordenado Padre no dia 28/07/1963 na catedral de Mogûncia pelo Cardeal Hermann Volk.

Em 1961 o Bispo Dom Vunibaldo Talleur palestrou no seminário de Mogûncia, (perto de Frankfurt) sobre a falta de padres e a situação do povo de Mato Grosso, então Padre Lothar Bauchrowitz sentiu o chamado de Cristo e decidiu ajudá-lo. Chegou ao Município de Rondonópolis em julho de 1964, ficando na casa de Dom Vunibaldo e foi encarregado para cuidar de Vila Operária.

 No dia 15 de agosto de 1964, celebrou a primeira missa na Vila Operária. Tomou posse como Pároco em 1º de fevereiro de 1967, empossado pelo Bispo Dom Vunibaldo onde começou a desenvolver suas atividades religiosas neste distrito e na zona rural. Além de cuidar dos serviços religiosos tais como: Missas, pregações, visitas e administrações dos sacramentos, procurou unir lideranças locais para conseguir melhoramentos para a região.

Em 1969 fundou o Centro Social João XXIII com ajuda dos católicos da Alemanha com objetivo de atender a população com atividades sociais. No dia dois de março de 1977 com ajuda do João Poteiro, Ananias Martins de Souza e outras lideranças, criaram o CONDIVO (Conselho de Desenvolvimento Distrital de Vila Operária).

Foi eleito no dia 1º de outubro de 1973 como o Diretor da Cáritas Diocesana de Rondonópolis juntamente com o presidente Dom Osório Wilibaldo Stoffel. Como o seu objetivo na vida sempre é o social, desenvolveu em 1979 o Projeto de Construção de Casas nos terrenos doados pela Prefeitura para as pessoas carentes, no ensejo das enchentes em Fátima de São Lourenço e por toda a grande Rondonópolis, perfazendo até o ano de 2006 um total de 2.384 casas.

Em 1979 com objetivo de ajudar as pessoas carentes a encontrarem uma profissão, desenvolveu cursos profissionalizantes de parteira, enfermagem, pedreiro, marceneiro, eletricista, encanador, crochê, bordado, corte e costura, datilografia, pintura em tecido, horta comunitária e hoje continua oferecendo cursos   aos carentes com a cozinha alternativa, remédios alternativo, farinha láctea e outros.

Em agosto de 1979 criou (inspirado pelo programa do cantor Roberto Carlos) através da Cáritas Diocesana de Rondonópolis, o projeto de Educação Infantil iniciado com 22 creches, chegando a 40 creches em Rondonópolis e cidades vizinhas, e hoje mantém em funcionamento 04 creches atendendo em média 650 crianças com alimentação, orientação pedagógica, na faixa etária de 02 a 05 anos no período matutino e vespertino.

Em 1977, vendo que o Distrito estava desenvolvendo, lançou através do CONDIVO e a Prefeitura, na pessoa do Prefeito Valter de Souza Ulisséya, o Mês da Comunidade, a fim de ajudar a população a resolver os problemas do seu bairro como iluminação pública, encanação de água, plantio de árvores de sombra e frutíferas, hortas caseiras e o embelezamento das ruas e casas com jardins.

Em 1990 lançou o Mês da Saúde Preventiva a fim de ajudar as pessoas a terem mais saúde. No ano de 2002, foi lançado a partir do dia 1º de maio o 12º Mês da Saúde com palestras educativas com o Corpo de Bombeiros orientando sobre o trânsito, meio ambiente, desarmamento infantil, Cozinha Alternativa, remédios caseiro, doenças e outros.

Desenvolveu também atividades com as Pastorais da mulher ajudando a se profissionalizar, formar Clubes de mães para melhor se integrar na comunidade; A Pastoral da Criança na luta contra a mortalidade infantil e a desnutrição; Pastoral do Adolescente no combate da prostituição, delinquência, procurando promover o bem-estar desses menores carentes; Pastoral da Juventude desenvolvendo um trabalho de socialização e integração dentro do convívio comunitário. Os Idosos através do Recanto dos Idosos e Albergue Noturno para atender os andarilhos.

O seu maior desafio é ajudar as famílias carentes no município de Rondonópolis a saírem debaixo de uma lona e terem a sua própria moradia. Ajudou na formação de 04 bairros, comprando a área invadida e revendendo a preços acessíveis a famílias de baixa renda como o Jardim Ipiranga com 200 famílias; Dom Oscar Romero com 240 famílias; Pe.  Rodolfo com 320 famílias e o Pe. Ezequiel Ramin 103 famílias. 

Como não basta só comprar o terreno, a Cáritas ajuda na construção de casas e neste ano lançou a 15ª Campanha pela moradia onde serão construídas a sua moradia através das CEB’s e Associações de bairro. A Cáritas pretende levantar, neste ano de 2008, mais 105 casas a serem entregues. E feliz por completar 2.676 casas.

Em 05/09/2007 iniciou mais um grande Projeto de inclusão digital com a parceria da Fundação Banco do Brasil a Estação Digital Pe. Ezequiel Ramin atendendo 140 alunos de bairro carentes.  

Parabéns Padre Lothar pelo seus 86 anos de vida.

             

            

Translate »
Top